Como o lojista recebe do cartão de crédito parcelado?

O cartão de crédito é um meio de pagamento muito usado que pode ajudar a fechar as vendas e a atrair aquele cliente que precisa parcelar para conseguir fazer suas compras. Mas, para que essa estratégia dê certo, é preciso entender como o lojista recebe do cartão de crédito parcelado, para que as finanças fiquem equilibradas, evitar ter clientes inadimplentes e o empresário faça uma previsão de fluxo de caixa eficiente.

Quer entender melhor o assunto? Então, continue a leitura!

Como o lojista recebe do cartão parcelado?

Na hora de fechar o contrato com a administradora de cartões, podem ficar algumas dúvidas que influenciam a decisão final, acarretando maiores taxas para o empresário.

Para que você entenda quais são as condições, destacamos as duas modalidades mais comuns de parcelamento.

Parcelamento pela administradora

Nessa modalidade, o parcelamento é feito no ato do pedido, por meio do banco ou da administradora que emite o cartão. As prestações podem ter juros, cobrados também pela administradora ou banco que viabilizou o parcelamento.

O estabelecimento recebe a venda como se tivesse sido feito à vista, sem ser onerado por ter feito a negociação sob essas condições.

Como a liberação de crédito é feita pelo banco, o risco de o cliente ter o parcelamento negado é maior.

Parcelamento pela loja

O parcelamento pela loja é a modalidade mais comum, na qual o valor e número de parcelas são definidos no fechamento da compra. Quem concede esse parcelamento é o próprio lojista, que arca com as taxas de juros de acordo com o número de parcelas.

Quando o lojista opta pelo parcelamento, ele recebe o valor também parcelado. Se houver a opção de antecipação, esse valor pode ser pago integralmente, mas há a cobrança de uma taxa sobre o total da venda, de responsabilidade do lojista.

Como um sistema de gestão de crédito próprio pode ajudar?

Uma terceira alternativa para o lojista é a contratação de um sistema de gestão de crediário, que também permita o parcelamento dos valores sem onerar tanto o orçamento.

Os valores de aluguel da maquininha, taxa de parcelamento de vendas e antecipação podem chegar a mais que 15% do valor da venda.

Ao optar por um sistema de crediário próprio, é possível oferecer as mesmas condições ao cliente sem um custo tão alto. Além disso, esses sistemas podem fazer a avaliação de crédito do consumidor com maior segurança, garantindo o bom relacionamento entre cliente e lojista.

Vale lembrar que o sistema também permite uma maior gestão das vendas, que pode ser realizada por um smartphone ou dispositivo conectado à internet, melhorando a experiência do empresário e permitindo que ele se concentre em outros aspectos administrativos do negócio.

Se você quer oferecer a opção de parcelamento, mas não sabe como o lojista recebe do cartão de crédito parcelado, esse é um ótimo momento para entender melhor o processo e buscar por uma alternativa mais barata, que favoreça a fidelização dos clientes.

Quer receber mais informações como essa? Siga os perfis da Neopag no Linkedin, Instagram, Facebook e YouTube.

Quer receber as nossas novidades por e-mail gratuitamente?

Cadastre-se para receber as nossas novidades por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.