Como formalizar meu negócio? Descubra tudo sobre o MEI

ebook crediario proprioPowered by Rock Convert

Uma forma boa e rápida para formalizar o negócio de quem trabalha por conta própria ou quem quer começar a empreender é abrir um Microempreendedor Individual, ou mais conhecido como MEI.

Esta categoria de formalização foi criada em 2009 pelo governo brasileiro com o intuito de regularizar a situação de pequenas e médias empresas que não possuíam registros e trabalhavam de maneira autônoma. Com esse registro é possível ter um CNPJ, abrir conta em banco, contratar empréstimos em condições especiais, vender ou prestar serviços para mais empresas, emitir notas fiscais, contratar um funcionário, contribuir para a aposentadoria, e muito mais!

A lei do MEI permitiu que mais de 6 milhões de empreendedores deixassem a informalidade  e começassem a operar suas pequenas empresas dentro da lei. Gerando um grande avança aos profissionais, que agora podem atuar legalmente e ter mais lucro, mas também para o governo que tem uma contribuição mensal de cada um desses microempreendimentos.

Quais são as regras para abrir um MEI?

A principal regra para abrir um cadastro de microempreendedor é ter um faturamento menor que R$81.000,00 por ano. Se a empresa passar desse valor em até 20% pode optar por pagar um percentual do valor excedido e continuar com o registro de MEI.

No MEI não é permitido ser sócio de outra empresa, ou seja, o CPF registrado não pode estar cadastrado em nenhuma outra empresa. E pode ter apenas um empregado ganhando até um salário mínimo, ou o piso salarial da categoria.

ebook-crediário-próprio-primeiros-passos-horizontalPowered by Rock Convert

Outra regra é realizar o pagamento mensal do Documento de Arrecadação Simplificada (DAS) para ter acesso a todos os benefícios do MEI Os valores são:

  • comércio e indústria: R$ 48,70;
  • serviços: R$ 52,70;
  • comércio e serviços: R$ 53,70.

Além disso, é preciso preencher o Relatório Mensal das Receitas, que são os documentos que indicam as vendas realizadas e/ou os serviços prestados em cada mês, e também deve fazer a Declaração Anual de Faturamento pela internet, indicando tudo que recebeu durante o ano. Isso tudo o responsável encontra no Portal do Microempreendedor.

Como abrir um MEI?

Para fazer isso é bem simples e em poucos minutos, você consegue o seu Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ). Basta entrar no site portaldoempreendedor.com.br e fazer um cadastro clicando em “Formalize-se”. Em seguida, informe o CPF, a data de nascimento, preencha as demais informações pessoais e selecione as atividades principais e secundárias. No passo seguinte será necessário pagar uma taxa e quando confirmada a inscrição, o cadastro do MEI já está feito e em breve a pessoa responsável receberá o Certificado de Condição de Microempreendedor Individual.

Outra maneira de abrir um MEI de forma fácil e rápida é pelo site do MEI FÁCIL (https://www.meifacil.com/). Nele você tem todo o auxílio necessário para formalizar seu negócio e ter o seu próprio CNPJ.

Seja um microempreendedor individual e legalize-se com uma pequena empresa!

Quer saber como evitar calote dos seus clientes?
Veja aqui

Neopag
Bom para quem paga.
Bom para quem recebe.

Compartilhe nas redes sociais
Compartilhe

Quer receber as nossas novidades por e-mail gratuitamente?

Cadastre-se e receba as nossas novidades por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
error

Gostou do Blog? Compartilhe!